Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




CRISE MUNDIAL

por Rosa Guerreiro Dias, em 02.04.11

 

 

A minha visão!

Sobre a Crise dos nossos dias!

 

Mais uma vez o mundo está em Crise!

E digo mais uma vez! Porque através dos tempos sempre existiram Crises.

Há povos que passam pelas Crises sem darem por isso!

Outros há, que caem na Crise, de cabeça!

Outros ainda que nunca saem da Crise!

 

Em primeiro lugar, vamos saber o que significa “ Crise”.

 

Agravamento brusco (de uma situação)

“ Fase de transição entre um período de prosperidade e outro de depressão”

 Alteração súbita e decisiva no decurso, duma doença, ou de outra situação qualquer.

 

Agora vamo-nos debruçar, sobre os motivos que levam à Crise.

Para que uma crise surja, e antes que surja, tem que por força haver, um desequilíbrio.

Se o assunto em questão tem a ver com a saúde?

Então, houve falta de amor com o seu próprio organismo, houve falta de cuidado, e não se aplicaram as normas correctas, ao mesmo, e todas as peças desse organismo ficam afectadas.

Assim sendo, começa pouco a pouco entrando em declínio, necessitando rapidamente ser socorrido, para sair dessa crise em que mergulhou.

Por vezes, consegue erguer-se e continuar a caminhada!

Mas sempre debaixo de vigilância.

Outras vezes, o organismo ficou tão afectado que não tem hipótese de continuar sozinho e aí precisa de ajuda, para se poder equilibrar.

Lá vem então, o milagre das cirurgias, e os tratamentos químicos!

Que muitas vezes vão deteriorar, algumas peças que ainda estão sãs, mas, que como o velho ditado nos diz!

É um mal necessário…

 

Quando a Crise alcança outras dimensões, e outros níveis, como a exemplo a economia Mundial!

A isso se chama de "Crise Mundial"

Pelos vistos é o que está acontecendo neste momento.

Os homens que governam o Mundo e todo o seu esquema!

Falharam completamente! Em primeiro lugar, no amor, depois no cuidado, no dever, na obrigação.   

E aí entrou todo um sistema em declínio, as peças do sistema Mundial, são os povos de todas as Nações!

Que ficam afectados pelo desequilíbrio de quem devia cuidar e não cuidou.

Então que fazer?

Vamos ter que pedir socorro!

Algumas peças desse organismo estão resistindo, porque tiveram outra atenção, são estes os mais abastados!

O dinheiro é na verdade a mola real que gere o mundo, e que os mais poderosos usam apenas em seu próprio proveito.

As outras peças, foram sendo atacadas sem nenhum cuidado, e derivado à sua fragilidade, precisam de amparo, quem sabe de uma cirurgia, pois os químicos perderam o controle da situação!

Chegamos à conclusão que o desequilíbrio que gerou a crise mundial, apenas chegou a este ponto derivado à,

“Falta de Amor e à Ganância dos Homens”!

Se essa mola real, que é o dinheiro, fosse melhor repartida, não estávamos assim!

O Amor, a igualdade daria a todos os povos, as mesmas oportunidades!

E amando, cuidando, e cumprindo!

O Mundo não entraria em Crise, como a que estamos vivendo.

Um livro sábio nos diz!

 

O amor move montanhas!


Perguntamos então?

E onde está o Amor? Para que as montanhas se movam?

 

Rosa  Guerreiro Dias

2-4-2011

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:17



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D