Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




OS POETAS NÃO MORREM

por Rosa Guerreiro Dias, em 24.03.08

 

Não chores meu amigo

Não vês que é mentira

Não vou eu já disse

Eu fico contigo

Que trapaça

A morte não pode ,não pode levar

Quem espalhou na terra tamanha alegria

Quem chorou

Quem riu dizendo poesia

Por isto e por tudo

Os poetas não morrem

Terão que ficar.

 

Que graça

Que graça eu acho da grande trapaça

Diz o poeta ao mundo, gozando em chalaça

A morte lhe diz,  vem; chegou tua hora

O poeta

O poeta ri, gargalha, e troça dizendo

Diz lá outra vez, não estou entendendo

E empurra a negra morte da porta p'ra fora.

 

Ela sai

Sai à força 

Mas leva-lhe a vida.

E p'ra mostrar seu poder

Apenas lhe deixa a carcaça estendida

 

O poeta se ergue, e enfrentando a morte

Grita glorioso

 

Ficaste-me o osso, que em pó se desfaz

Apesar disso não me dou por vencido

Ainda que eu vá p'ró além perdido

          A obra que deixo, jamais matarás.

 

                         

 

                       Homenagem a Mário Viegas   

                                             De  --  1-4-1996

                              Rosa Guerreiro Dias 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:09


2 comentários

De Ana a 28.03.2008 às 09:28

O Mário Viegas ficará para sempre no meu imaginário, como um dos meus actores preferidos, todo ele era poesia, do seu corpo saíam outros mundos inalcançáveis... todo ele era sonho e fantasia, um ser inesquecível... Bjs, Ana

De Rosa Guerreiro Dias a 19.05.2008 às 16:37

Só posso concordar com as suas palavras.
Quanto a Mário Viegas.
Mais um dos grandes valores portugueses, que espero fique na história da arte de dizer e representar.
Abraço amiga e agradecida. beij. da Rosa

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D