Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Vendaval de Tormentos

por Rosa Guerreiro Dias, em 20.03.08

Vendaval de Tormentos

Como posso eu responder, com exatas precisões

Não porque eu tenha poder, nem a tal pretenções

Apenas posso dizer

Que o tempo para mim é pouco

Pois vejo-o passar fugindo, como vento esvoaçando

Como um louco que vai rindo

De loucura que eu não comando

Não que  eu não queira entender, ou faça meu ouvir mouco

queria até tocar-lhe um pouco.

 

Mas esta ancia em viver

Me intimida me retrai

Ocupa meu pensamento, nesse vento que se esvai

Será que vão entender

O meu rol de sentimentos

Ou será que ninguém quer ver

Meu vendaval de tormentos.

J. Rosa Guerreiro  

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:58



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D