Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




ISTO FOI ONTEM

por Rosa Guerreiro Dias, em 10.03.10

 

Mulher 2010

 

A mulher para ser completamente feliz

Apenas lhe falta, um pequeno, pormenor

E ele está, em ela olhar para dentro de si;

E dizer com firmeza e convicção!

 

Basta!

 

E a partir desse momento as coisas mudam!

A mulher começa a sentir o real valor que lhe é devido como ser humano.

E que julgava perdido para sempre.

E só com esta atitude!

Voltará a existir, a mulher digna, que vai!

Não à frente, nem atrás, mas ao lado do homem

Pois eles se complementam.

E só com esta tomada de posição, deixaremos de ter dias especiais.

Porque as mulheres, as crianças, os velhos, os avós, em suma todo o ser humano, passará a ser especial todos os dias.

Dirão alguns!

Porque só com a tomada de posição das mulheres as coisas mudam?

É fácil de ver!

A mulher é o vaso; A mulher é a terra; A mulher é a madre.

Dela deriva toda a humanidade.

No ventre da mulher se gera, se desenvolve todo o ser humano.

Logo aí temos por onde começar.

Porque a mulher amamenta

A mulher cria

A mulher ajuda crescer

A mulher educa

A mulher ensina!

Aqui está o ponto de partida para a boa formação, e para a transformação das mentalidades dos homens e das mulheres do futuro.

 

Ensino e Formação.

E aí sim

Faremos em conjunto uma nova geração de homens mulheres e crianças

Que não vão mais precisar de dias inventados nem dias especiais.

Porque todo o ser humano irá ser especial todos os dias.

Com a força que as mulheres ponham neste

 

“ Basta”

 

Com a consciencialização de todos os homens.

Iremos sair deste impasse, desvalorizado em que nos encontramos.

E passaremos sem dúvida a ser seres humanos

Mais realizados!

Mais felizes.

 

 

Rosa Dias

 

Rosa Guerreiro Dias

8-3-2010

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:44


1 comentário

De Anónimo a 10.03.2010 às 22:33

Cara Amiga
Estou completamente de acordo com tudo o que diz.
Não deve haver dias especiais para ninguém. Deveremo-nos considerar todos iguais em deveres e direitos. Devemo-nos saber respeitar uns aos outros e só assim viveremos num mundo melhor e mais solidário.
Um abraço do amigo certo
Joaquim Avó

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D