Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




ESPERANÇA

por Rosa Guerreiro Dias, em 27.10.09

 

 "Esperança"
Dizem que a palavra esperança de verdinho se vestiu
Dizei-me quem viu a esperança, dizei-me quem foi que a viu
Tenho a certeza que verde, não é a cor da esperança
Porque a esperança só existe, no olhar duma criança
E neste mundo turbulento quem é que vai ter vagar
De examinar as crianças bem dentro do seu olhar.
Pegai ó povo da terra, pelas mãos duma criança

Olha-a bem dentro dos olhos

Para assim neles tu veres a cor que tem a esperança
E alem da esperança, vereis.
Amor, perdão, ternura, pureza, fé e brandura
E neste ser pequenino, que tanta beleza encerra
Há esperança neste olhar, alcançando toda a terra
E essa cor que tu vês no olhar duma criança
Noutro lugar não vereis a cor que tem a esperança
É a criação mais bela que Deus colocou na terra
Nela tu vás encontrar armas das mais poderosas
Para acabares com a guerra
É só humilhares-te um pouco, não dês voltas à cabeça
Pois perto de cada homem, Deus põe sempre uma criança
Deita fora o armamento que serve para matar
A esperança que não viste numa criança a chorar

Com essas armas de ferro, lavra a terra meu irmão
Vamos fazer boas vinhas, boas searas de pão
Vamos mostrar para as crianças
Que dentro de cada homem, existe um coração


E que o homem sendo homem, voltará a ser criança
P’ra no seu olhar nós vermos a cor que tem a esperança.

 

Rosa Dias

1979- 2009

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:32


2 comentários

De (So) Luis a 28.10.2009 às 07:25

Obrigado «Rosita». Este Poema, se me permite, virá a ser o «Porta-bandeira» das Cantadeiras da Alma Alentejana nas Escolas de Almada.
Vamos todos «olhá-la bem dentro dos olhos».
Ficamos à espera de «mais inspiração». Um abraço a ambos.
O Alentejo não tem fim!

De Anónimo a 08.11.2009 às 20:26

Admirável. De acordo com o comentário do Luis Moisão, esta poema poderia ser o cartão de visita do programa que apresentámos na Câmara de Almada no "Cante nas escolas", que está a despertar interesse no Departamento de Acção Social desta Câmara.
Um abraço
Joaquim Avó

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D