Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




DOIS DOS VÁRIOS DEVERES DE TODO O SER HUMANO.

por Rosa Guerreiro Dias, em 19.03.09

Vergonha

            e

         Respeito

 

Ao longo da minha vida, sempre ouvi, com muita frequência  falar, de dois valores importantissimos na vida de qualquer ser humano, e foram eles que ajudaram em muito a construir a pessoa que hoje sou.

 

Vergonha e respeito.

Jamais me consegui afastar destes dois lemas da vida.

E sou eternamente grata a quem me transmitiu estes valores.

 

 <<Os meus queridos pais>>

<< Os meus queridos tios >>

<< Os meus queridos professores>>

 

Hoje, em pleno seculo vinte e um, sinto-me fora de moda, simplesmente porque os valores com que cresci também cairam em desuso.

 

Que mudem os tempos, as vontades, as opiniões, as modas, até mais; que mudem usos e costumes, tudo bem.

Mas quanto a entrarmos nesta desumanização neste descontrolo em que se perdem os valores que sustentam a própria vida.

Como por exemplo, a falta de respeito e a falta de  

vergonha.

 

É inadmissível.

 

Que se passa?

Há cinquenta anos atraz;

 

 < As crianças que frequentavam a escola>.

 

Iam de casa, já incentivadas pelos pais, à obediencia ao respeito pelos professores.

Pois estes, iriam servir de ajuda ao encaminhamento da sua própria educação.

Tanto alunos como professores sabiam bem os seus deveres, e os cumpriam.

 

< Salvo raras excepções>.

 

 

Sim deveres!

Assim como um aluno traz deveres da escola

para fazer, e se não os fizer, sofre punição.

A vergonha e o respeito, são deveres que temos que cumprir em todas as circunstâncias, e não o fazendo temos que ser punidos.

Custa-me a aceitar, esta realidade em que vivemos.

Antigamente, havia falta de instrução escolar, no entanto, as pessoas eram mais responsaveis e mais respeitosas.

 

 

Hoje!

Temos  filhos de doutores  e de gente muito instruida, filhos de gente de bem, como se costuma dizer e o que se vê?

Falta de respeito pelos mais velhos, falta de respeito pela vida e dignidade das crianças, desrespeito pelos pais, pelos professores, rebaixamento e violação dos direitos de todo o ser humano.

 

Afinal?

A culpa é dos pais que não sabem educar?

É dos professores que não sabem ensinar?

Será que as crianças degeneraram?

Ou será ainda, que a evolução transtornou a mente dos homens, e os deixou insensiveis ao simples mas importante acto de amar.

 

Não gostava de voltar ao antigamente.

Apenas gostava de entender, porque se dão estes fenómenos? que evolução foi esta? que não pára de crescer, mas que nada nos traz de construtivo.

 

Hoje,

Por aqui me fico, não sem vos deixar este pensamento.

 

Evolução? p'ra que serve

O mundo está o que se vê

Tratam-se os velhos por tu

E os cãezinhos por você.

 

*****

Quanto ao dia do pai.

Deixo esta mensagem. 

 

 

 

O homem só pode dizer que é um verdadeiro ser humano, e que é um verdadeiro pai.

Quando conseguir respeitar em todo o sentido da palavra.

 

<<   Os filhos dele, e os filhos dos outros homens >>

 

 

Brincar com uma criança, quer seja seu filho ou não.

É uma forma de educar, de construir.

É bom nunca esquecermos um detalhe importantissimo, que fará toda a diferença no crescimento  de qualquer criança.

Está em colocar-mos a medida certa do precioso condimento chamado. << Respeito>> 

 

Só assim serás um verdadeiro pai, um verdadeiro amigo e estarás contribuindo, para que hajam melhores filhos, melhores pais, melhores  consciências, melhores seres humanos.

 E poderás ainda dizer que ajudaste na reconstrução dum mundo melhor.

 

  

Rosa Guerreiro Dias

19-3-2009

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:52


7 comentários

De Joel a 19.03.2009 às 23:54

Antes de mais gostaria de dizer que gostei muito deste post . E em segundo lugar gostaria de lhe pedir um favor. É o seguinte, em Campo Maior existe um grupo de cantares recém formado, e estivemos a falar e como a Rosa há uns anos atrás escreveu uns desafios para um grupo, e visto que um membro desse grupo que certamente conhece que é a Beatriz Paralta faz parte também deste novo grupo, gostaríamos de lhe pedir que nos auxilia-se nesta tarefa de construir mais um desafio. Esperamos que esta proposta seja aceite da sua parte com tanto entusiasmo quanto o nosso na hora de lhe pedirmos este favor.

Obrigado pela atenção dispensada...

Cumprimentos

De Rosa Guerreiro Dias a 20.03.2009 às 15:03

Olá Joel! tudo bem?
Eu tenho andado um pouco adoentada, mas estou esperançada que dia 4 estarei aí no encontro de poetas no Centro Cultural.
Agradecida por me teres visitado virtualmente, agradeço o comentário, e quanto ao que pedes, estou inteiramente ao vosso dispor a respeito de letras, espero estar à altura de os poder ajudar, é só mandarem dicas sobre o que querem que o resto farei eu.
Podes mandar por email, fico aguardando.
Em: rosaguerreirocm@hotmail.com.

Recebe aquele abraço que pode ser extênsivo a todo o grupo, da amiga certa.
Rosa

De Joaquim Avó a 22.03.2009 às 22:39

Cara Amiga
Estou inteiramente de acordo com a sua opinião. Na minha opinião desapareceu foi o que chamamos disciplina. Penso que a disciplina começa no respeito que temos que ter un com os outros. Se soubermos dosear "direitos e deveres" e sabê-los interpretar na verdadeira acepção este mundo estaria melhor.
Um abraço amigo
Joaquim Avó

De Ermelinda Toscano a 29.03.2009 às 12:54

Peço desculpa por usar este espaço paralhe deixar uma mensagem que é, em simultâneo um pedido. Aqui fica:

Olá Amiga Rosa
Bom Dia

No âmbito desta "ponte poética" que nos aproxima, venho fazer-te um pedido: não queres oferecer-nos um pequeno poema para integrar a colectânea (Almad'Abril - de Almada, Alma e Abril) que vamos editar para as comemorações do 25 de Abril? A apresentação será feita no dia 18, na Sala Pablo Neruda, um evento que conta, também, com a participação das Cantadeiras da Alma Alentejana.

O tema é a liberdade e a democracia e teríamos muita honra em poder contar com a tua participação. Vamos reunir 35 poemas, de 35 autores (uma alusão ao aniversário da nossa "revolução dos cravos"), dos 20 aos 80 anos, de várias culturas, etnias, relegiões, e também de vários continentes.

Para nós era muito importante ter a tua colaboração. O poema deve ser entregue até 5.ª feira que vem (dia 2 de Abril) e cientes de que este pedido merecerá a tua melhor atenção, cá esperamos pelo teu poema sobre LIBERDADE e DEMOCRACIA.

Um grande abraço poético.
Pelos Poetas Almadenses - http://poetas-almadenses.blogspot.com

=====

E parabéns pelo excelente Blog. Aqui respira-se calma, harmonia. Vê-se que é uma alma sensível que escreve. De opiniões fortes e o dom da palavra escrita.

De Rosa Guerreiro Dias a 30.03.2009 às 00:13

Contem comigo.
Agradeço a visita e o elogio, aparece mais vezes há sempre novidades.
Aquele abraço da amiga certa
Rosa

De Ermelinda Toscano a 30.03.2009 às 08:30

Obrigada Amiga.
Fico muito feliz.
Cá espero o poema e, depois, a participação no dia 18.
Quanto às visitas, tenho mesmo de passar por cá mais vezes. E vou fazê-lo.
Um grande abraço,
Bjs

De Joaquim Avó a 05.04.2009 às 00:04

Querida Amiga
É como diz. O respeito, na sua verdadeira acepção é a palavra mais bonita, significativa e única que pode contribuir para este mundo melhorar. É como diz. Neste mundo ninguém respeita ninguém. Nesta sociedade fria em que vivemos em que ninguém se interessa por ninguém, onde há pessoas que vivem no mesmo prédio, no mesmo andar e que nunca se cumprimentam, tornam-nos mais tristes e por arrasto mais frios também.
Quando se fala em disciplina pensa-se logo na imposição, no chicote.sei lá em mais quê. Na minha opinião a disciplina começa no respeito que todos obrigatóriamente temos que ter uns pelos pelos outros e quando, enfim, isso se atingir passaremos a viver mais felizes, com mais humanismo e mais solidariedade.
Lutemos por isso.
Um abraço amigo
Joaquim Avó

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D