Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




SE UMA GAIVOTA VIESSE

por Rosa Guerreiro Dias, em 14.05.10

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:29


LUISA BASTO

por Rosa Guerreiro Dias, em 06.05.10

 

Luísa Semente

 

 

Este é o teu desejo! Luísa, semente…

Cantares o Alentejo! Com alma de gente

 

Com alma de gente! E por entre os trigais

Caminhares em frente! Sacudindo os ais

 

Sacudindo os ais; Perdidos nos Montes…

Onde os vendavais! Secaram as Fontes

 

Secaram as fontes! Mas tua voz, não

Porque em teus horizontes! Nasceu a razão

 

Nasceu a razão! Do teu povo amado

Que em tua canção! Será sempre lembrado

 

Será sempre lembrado! Um Alentejo quente…

De solo sagrado! De brava semente.

 

De brava semente! O poeta de novo…

Dando alma ao cante! Vem dar vida ao povo…

 

 

Para a querida : Luísa Basto

Com desejos de felicidades das Cantadeiras da Alma Alentejana

E da Poetisa e amiga: Rosa Dias.

 

1-5-2010

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:20


Companhia de Dança de Almada

por Rosa Guerreiro Dias, em 04.05.10

 

Bailarinos

 

 

Teu caminhar, me prende, me encanta!

Esse espantoso articular de movimento

Dá-te a serenidade duma santa

Quando cobres a cabeça com teu manto


Vem teu par, com passos leves, mas decididos…

Contornar essa tua cintura delicada…

Envolvendo tudo, em um turbilhão de sentidos!

Que para me deslumbrar, não preciso mais nada!


 

Essa musculação, harmoniosa e bela…

Onde a correcção, está no ponto que basta.

E nos traz à visão, colorida aguarela.


Fico extasiada com tanta beleza…

Beleza que sacia minha alma poeta!

E envolve em magia, esta camponesa…

 

Rosa Guerreiro Dias

 

26-4-2010


 


 

Dança e Poesia

 

De leves passadas e cabeça erguida!

Segues esvoaçando, qual nuvem serena!

Teu coração se agita a cada batida

E a alma te diz! Só assim vale a pena.

 

A arte se encaixa, em tua silhueta fina!

Toda a essa singeleza faz parte dum fado…

Num corpo de mulher, com rosto de menina…

E o Soneto de Florbela, completa esse quadro.

 

 

A voz que transmite, o sentimento da alma!

Eleva a poetisa num encantador zunzum …

Transformando a junção numa doce calma.

 

 

Em comunhão dois pontos se abraçam!

E já não são dois, mas apenas um…

Que em perfeita sintonia, sonhando esvoaçam…

 

Rosa Guerreiro Dias

 

27-4-2010

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:06


A TODAS AS MÃES DO MUNDO

por Rosa Guerreiro Dias, em 02.05.10

 

Mulher Mãe

 

 

Menina cheirando a Mãe!

A Mar, a Terra, a Céu...

Quem foi que te deu também

Esse ar doce que é tão teu!

Menina feita Mulher...

Mulher força, Mulher Mãe!

Tens no colo, o que o mundo quer

A Paz que o mundo não tem.

A vida anseia cair, em teus braços de ternura...

És muro que não vai ruir!

Nascente de amor que perdura!

Amor! ...

Amor assim quem o tem?

Só tu Mulher...

Mulher Mãe...

 

Rosa Guerreiro Dias

8-3-2003

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:24


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D

subscrever feeds