Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Picnic molhado

por Rosa Guerreiro Dias, em 26.05.08

Alqueva

*****

O maior lago artificial

da Europa

Isto é uma riqueza que já nos tardava, beleza ao alcanse de todos
Azinheiras mirando-se ao espelho

Apenas silêncio

Sol de pouca dura

Lá vem a magana o menino se esconde

Sorrisos molhados

Cantando à chuva

 

Comendo escondido

Arrumando a tenda

Apetite não falta

Não se fala com a boca cheia

Quem canta assim não é gago

E sabe a musica de cor

Chapéus há muitos seus palermas

Natureza generosa

Tronco velho, pernadas novas

E o sol brilhando de novo

 25-5-2008

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:37


5 comentários

De (So)Luis a 03.06.2008 às 00:42

Rosinha: esperemos que agora identificado o problema se possa vir a encontrar uma forma de aliviar o mesmo. A única forma parece-me para já ser vir a reforçar o «sistema imunitário». Há pouca informação sobre a «Zona», mas ainda não tive acesso aos meus «catrapázios» antigos, mas lá chegarei. Entretanto, aí vão alguns dados:


A «Zona» é uma doença que se manifesta (geralmente), sob a forma de erupções na pele. Provocada pelo vírus da varicela, a zona pode ser muito dolorosa. Todas as pessoas afetadas pela zona sofreram já de varicela, na maior parte dos casos durante a infância. O seu aparecimento pode ocorrer passados muitos anos. Apesar de ainda não se conhecerem com todo o rigor quais são os motivos que estão na origem do súbito reaparecimento do vírus, sabe-se já que a zona se deve à sua não eliminação do organismo. Isto é, o vírus da varicela pode permanecer, em estado latente, no nosso corpo durante muito tempo.
Até que um dia, sem que nada o fizesse prever, volta a surgir. Quando isto acontece, o vírus reactivado multiplica-se e provoca a zona.

Geralmente, a zona apenas se manifesta uma vez na vida. Mas no caso de pessoas com o sistema imunológico enfraquecido é possível que possam verificar-se recorrências. Aliás, a imunodepressão é o único factor de predisposição para a zona que se conhece actualmente.


Herpes zoster
também designado por Zona. Doença caracterizada por uma erupção causada pelo vírus varicella-zoster (VVZ), que também causa a varicela. Após um surto de varicela o vírus permanece adormecido nos gânglios da raiz dorsal. Mais tarde, quando reactivado por causas várias, o vírus migra ao longo do nervo sensorial e afecta a pele, a face ou os olhos. A zona pode ser cronicamente dolorosa (nevralgia pós-herpética), especialmente no idoso.
Fonte(s):
http://www.pfizer.pt/glossario/glossario...

Desejo as melhoras. Um abraço.

De (So) Luis a 03.06.2008 às 22:06

O seu e-mail não funciona e o telefone não atende. Aqui fica então na esperança que ainda seja útil:
1) Como terapia alternativa temos os suplementos dietéticos (ervanárias), sendo recomendado para o caso:
a) Óleo Germen Trigo Torrado - para uso externo do Segredo da Planta e que custa E 4,90
b) Óleo Germen Trigo - 90 Cápsulas 1000mg - E13,20
c) Pau de Arco - Extracto - E 7,35 (limpeza sangue)
2) Outra alternativa é a Fitoterapia Chinesa: em Lisboa, creio que na Botica das Plantas, Dr. Pedro Choy;
3) Outro recurso é a Acupunctura
A minha sugestão era adoptar esta última, indo a uma Consulta do nosso amigo Luis Garcês, que está a cuidar do nosso amigo Avó.
Fico a guardar notícias. Boas melhoras.
O Alentejo não tem fim !

De Rosa Guerreiro Dias a 04.06.2008 às 10:51

Meu amigo, fico deveras agradecida por sua informação é sempre útil , apenas lhe digo que estamos entregues há bicharada como se costuma dizer. No primeiro dia que entrei na urgência, logo me fizeram um TAC aos rins pois tinha todos os sintomas de uma cólica renal, o relatório do TAC dizia nada ter. Logo descartaram a parte renal mais tarde fizeram análises e nada tinha, no outro dia depois de tanta droga para aliviar a dor, comecei com comichão no lado da dor, e logo o médico disse que era Zona, medicou-me com ZOV800 , e assim vim para casa com as dores com que fui, o desespero aumentou nas ultimas 24 horas, não podia estar deitada nem sentada, só andando como louca pela casa de um lado para o outro, peguei em mim já desesperada , e nos exames feitos e fui ao Hospital da Cufe Descobertas aqui perto de minha casa. Entrei na urgência contei tudo que se tinha passado até ali, a médica Dra. Teresa Morais mandou fazer uma eco à vesícula , que nada acusou. Fiz análises que acusavam já grande infecção, viram as imagens do primeiro taque onde visualizaram então uma pedra embora o relatório dissesse o contrário, a médica apenas comentou como é possível meus colegas não terem visto uma coisa tão visível . Resumindo e concluindo fui medicada para o mal e esta noite dormi bem, acordando apenas uma vez e sem dor, sei que a droga foi imensa mas resultou, agora estou a antibiótico neste momento sinto que ela estava adormecida, a dor claro, porque está querendo acordar, mas tenho fé que estou medicada e no bom caminho gastei uns 500 e tal euros mas valeu a pena e estou encaminhada para a urologia. Para finalizar a dor não era para morrer. Mas se fosse tinha embarcado. Coitado daquele que não tem dinheiro para se desenrascar por outro lado. Muita gente morre de vésperas , por falta de assistência e de competência profissional, é triste, isto merecia ir para a comunicação. Agora estou mais aliviada e acho que temos mulher logo que esta dor magana saia daqui. Aquele abraço da amiga Rosa Dias que agradece de coração vosso cuidado. Espero sinceramente o rápido restabelecimento de vossa sobrinha e bebé que as mãos que as tratam sejam de um profissional com consciência, que Deus com sua sabedoria e amor fará o resto, assim seja. Beijo .

De (So) Luis a 04.06.2008 às 13:04

Livra!!! Ainda bem. Como falado, aí vai o extracto que deverá tomar assim que acabe o Antibiótico em curso, para ficar a 100%
«Resolutivo Regium» - custo = 13 Euros.
É um extracto Espanhol, já bem comprovado, à venda numa boa Ervanária.
As melhoras.
O Alentejo não tem fim!

De Rosa Guerreiro Dias a 04.06.2008 às 16:36

Agradecida amigo Luís pela informação que me mandou.
TCHAU BEIJ . DA ROSA

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D