Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




A Mãe

por Rosa Guerreiro Dias, em 12.03.08

A mãe é a terra

Que serviu p'ra por

Semente de filho, semente de amor

É terra mexida em vaso vidrado

É sonho, é paixão, é tempo dourado

Tem esperança ao olhar o ventre crescido

Nele está vibrando, um filho querido

As águas rebentam, primeiros sinais

Provocando dor, alterando os ais

É dor passageira , que ainda pode vir

Se um dia essa mãe de novo parir

Essa mãe de amor, que é terra mexida

Em vaso vidrado ao longo da vida

Os anos passaram, perdeu o vidrado

A mãe olha o ventre, recorda o passado

Em sonhos embala seu filhinho amado

Já não há paixão, nem tempo dourado

Olhando p'ra si, vê vaso quebrado

Mas apesar dos anos, lembrança contém

Que a terra mexida, no vaso quebrado

Um dia foi " MÃE".

 

Rosa Guerreiro Dias  

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:04



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D